slider

Previdência: ‘O que nós precisamos é de emprego e o Brasil crescendo’, diz Gabas

Ex-ministro dos governos Lula e Dilma lembra que até 2015 as contas da Previdência estavam no azul. Atuais desequilíbrios são causados pelo aumento do desemprego [Escrito por: Rede Brasil Atual] “Nós não precisamos de uma reforma que tira direitos. O que nós precisamos é de emprego e o Brasil crescendo”, afirma o ex-ministro da Previdência Carlos Gabas (governos Lula e Dilma), em um dos vídeos de uma série produzida pela TVT que rebate os principais pontos defendidos pelo governo Temer, veiculadas durante a programação. Gabas lembra que a mesma história de que o sistema público de aposentadorias estaria prestes a falir é contada há mais de 30 anos, quando ele começou a trabalhar no INSS. O - Leia mais [...]

ZÉ MARRETA Nº 1393 – COMISSÃO DE PLR: só depende da Arcelor

 [PDF AQUI]: EDIÇÃO Nº 1393 – 26/01/2018 COMISSÃO DE PLR: só depende da Arcelor / Rapidinho: Contradição da ArcelorMittal inviabiliza acordo iminente / Campanha do G19 caminha para Dissídio Coletivo / TABELA DE REVEZAMENTO DA ARCELORMITTAL – Reuniões setoriais / Empresa de Nova Era faz até boletim de ocorrência contra o Sindicato / Relatório da Comissão da Verdade em MG destaca repressão ao Sindicato de Monlevade - Leia mais [...]

Economia em crise prejudica negociações coletivas

Inflação baixa é elemento positivo nas negociações coletivas para conquista de aumentos mais consistentes mas, em 2017, trabalhadores não viram isso acontecer [Escrito por: CUT Nacional] A subseção do Dieese da CUT fez uma análise dos reajustes salariais conquistados em 2017, ano em que o Brasil registrou baixo crescimento econômico, incertezas e instabilidades que impactaram nas negociações coletivas e concluiu que, para a classe trabalhadora, não há sinal da tal recuperação econômica tão festejada pela mídia conservadora. Sem crescimento econômico, com altas taxas de desemprego e aumento da informalidade é muito pequena a margem para aumentos reais nas negociações coletivas e, apesar da inflação baixa, muitas categorias não conseguiram conquistar - Leia mais [...]