slider

Sindmon-Metal renova convênio com Fênix Contabilidade para facilitar declaração de IRPF para seus associados

Receita Federal ainda não informou se prazo para entrega será prorrogado Frente à pandemia da Covid-19, algumas entidades de classe já solicitaram ao Ministério da Economia (ao qual a Receita Federal é subordinada) o adiamento do prazo de entrega da Declaração de Imposto de Renda de Pessoa Física, definido para de 30 de abril. Até o momento, o governo federal não se manifestou sobre o assunto. Para evitar transtorno para os trabalhadores, o Sindmon-Metal renovou o contrato com a Fênix Contabilidade, para que seus associados possam fazer sua Declaração com tranquilidade e segurança. O atendimento deve ser agendado na Fênix pelo telefone 3851-3428. O escritório fica localizado no prédio da - Leia mais [...]

ZÉ MARRETA Nº 1424 – Acordo permite que empresas cumpram obrigações trabalhistas conforme Convenção anterior até fechamento da negociação atual

ZM_1424 [Reivindicações da pauta de 2019 não foram abandonadas / O que significaria as empresas seguirem a CLT e não a Convenção de 2017? / E a Convenção e a PLR de 2018? / Desde começo de negociações, Sime só quis mesmo cortar conquistas / ATENÇÃO, EX-FUNCIONÁRIOS DA CONTEP] - Leia mais [...]

Presidente do Sindmon-Metal concorre a reeleição em chapa com seis novos integrantes

Relação da diretoria para a gestão 2020-2024 traz jovens com idades na faixa etária dos 30 anos  para a comissão executiva e suplência [Escrito por: Wir Caetano / Dabliê Texto Imagem] A eleição da nova diretoria do Sindicato dos Metalúrgicos de João Monlevade (Sindmon-Metal), que será realizada nos dias 2 e 3 de março, traz uma novidade: seis novos nomes, com idades entre 30 e 39 anos, integram a chapa única, encabeçada pelo atual presidente da entidade, Otacílio das Neves Coelho, 55 anos, que concorre ao terceiro mandato (2020-2024). Para vice-presidente, o indicado é Cristiano Correa, 37 anos. A diretoria executiva, composta por um total de sete diretores, tem outros - Leia mais [...]

Entenda o que você vai perder se MP da Carteira Verde e Amarela for aprovada

Cartilha da CUT, CTB, CGTB, CSB, CSP-Conlutas, CTB, Força, Intersindical, Nova Central e UGT explica direitos que trabalhadores vão perder se MP 905 for aprovada. Congresso retoma debate no próximo dia 3 [Escrito por: Marize Muniz / CUT Nacional] As principais centrais sindicais brasileiras lançaram uma cartilha que explica todos os direitos que os trabalhadores e as trabalhadoras podem perder se a Medida Provisória (MP) nº 905/2019, do Programa Verde Amarelo, editada pelo governo de Jair Bolsonaro em 11 de novembro do ano passado, for aprovada pelo Congresso Nacional. O principal argumento do governo para aprovar a MP é a geração de empregos para jovens de 18 a 29 anos. - Leia mais [...]