NOTA DE PESAR – Gisele Moreira da Cunha

[Reprodução]

O Sindicato dos Metalúrgicos de João Monlevade (Sindmon-Metal) manifesta o mais profundo pesar pelo falecimento de Gisele Moreira da Cunha, uma das vítimas do rompimento de barragem da Vale em Brumadinho (Grande BH) no dia 25 do mês passado. O corpo foi localizado e reconhecido neste final de semana.
Ela era irmã da artista plástica e professora de artes Deisiele Moreira da Cunha, que, em 2009, foi uma das idealizadoras e coordenadoras do projeto “Nós na Foto”, do Sindmon-Metal, realizado em comunidade popular da periferia de Monlevade.

Nossas condolências aos familiares.

A companheira Gisele trabalhava em uma empresa que prestava serviços à mineradora.

Lamentável mais este crime contra a vida de trabalhadores e trabalhadoras três anos após a tragédia de Mariana (MG) em barragens da Vale.

O corpo será velado no Velório Municipal às 17h30 e o sepultamento será às 18h30 de hoje (04) no Cemitério do Baú, em João Monlevade.