Palestra do deputado Padre João no Sindicato dos Metalúrgicos aborda impactos da reforma da Previdência

Esta é a segunda vez que tema é objeto de análise na sede do Sindmon-Metal este ano

[Escrito por: Wir Caetano / Sindmon-Metal]

Padre João (na foto, ao lado da deputada estadual Beatriz Cerqueira em evento em Belo Horizonte) é crítico à proposta do governo Bolsonaro [Crédito: Wir Caetano / Dabliê]
O deputado federal Padre João (PT) estará no Sindicato dos Metalúrgicos de João Monlevade (Sindmon-Metal) na sexta-feira (31), a partir das 18h30, para falar sobre os impactos da proposta da reforma da Previdência que tramita no Congresso Nacional.

Crítico da PEC 06/2019 – Proposta de Emenda à Constituição para reforma do sistema previdenciário do país -, o parlamentar diz, em material informativo publicado recentemente, que “em 358 dos 853 municípios de Minas Gerais, o valor dos benefícios da Previdência é maior do que o que as prefeituras recebem em impostos repassados pelo governo [federal]”. Assim, conclui o documento, “se a reforma passar, ela vai quebrar ainda mais os municípios”.

A iniciativa do Sindmon-Metal de convidar Padre João para tratar desse tema conta com o apoio de outros três sindicatos da cidade: Sintramon (dos servidores Públicos), Sind-UTE (dos trabalhadores na educação) e o da construção civil.

Esta é a segunda palestra sobre proposta de reforma da Previdência do governo Bolsonaro realizada no Sindicato dos Metalúrgicos este ano. Em março, a abordagem ficou por conta da advogada Renata Cely Frias, especialista em direito previdenciário, a convite da Frente Brasil Popular de João Monlevade, que reúne entidades sindicais, movimentos sociais e lideranças políticas.

Segurança pública

A presença do deputado em João Monlevade tem também outro objetivo: entregar uma viatura no município, em encontro no quartel da 17ª Companhia Independente de Polícia Militar, antes da palestra no Sindmon-Metal.