notícia

Sindmon-Metal participa de Congresso de Direito do Trabalho

O Sindmon-Metal foi convidado a participar da mesa de explanação do palestrante Humberto Marcial Fonseca, advogado trabalhista e consultor sindical, no segundo dia do I Congresso Regional de Direito do Trabalho e Processual do Trabalho, realizado entre os dias 2 e 4 de abril. A entidade sindical foi representada pelo diretor administrativo e financeiro, José Quirino dos Santos, que se forma este ano em Direito pela Doctum, realizadora do evento em parceria com a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seção João Monlevade. A Doctum justificou o convite destacando a importância do Sindmon-Metal, que foi um dos apoiadores do congresso, como sindicato de referência de lutas pelas causas dos trabalhadores. - Leia mais [...]

Congresso de Direito no Centro Educacional discute reforma trabalhista

Sindmon-Metal é um dos apoiadores do evento, realizado pela Rede de Ensino Doctum e OAB/João Monlevade [Escrito por: Wir Caetano/Acom-Sindmon-Metal] A Rede de Ensino Doctum e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB)/João Monlevade realizam o “I Congresso Regional de Direito do Trabalho e Processual do Trabalho: Discussões Contemporâneas e Interdisciplinares” no período de 2 a 4 de abril (segunda a quarta-feira), tendo como foco a reforma trabalhista. O Sindicato dos Metalúrgicos de João Monlevade (Sindmon-Metal) é dos um apoiadores do evento, sediado no Centro Educacional, a partir das 19 horas, com entrada gratuita. No primeiro dia, o presidente da OAB/MG, Antônio Fabrício de Mattos Gonçalves, abordará o tema “as - Leia mais [...]

Distribuidora de energia é condenada por contratação ilegal de trabalhadores

“A intermediação de mão de obra é sempre ilegal, quer seja na atividade meio ou fim”, diz trecho da decisão do TRT-RS. Juízes levaram em contra precarização e diferenças salariais [Escrito por: Tatiana Melim / CUT] A aprovação e sanção da reforma Trabalhista do ilegítimo e golpista Michel Temer (MDB-SP), não deu aos empresários o poder de fazer o que bem entenderem, ao contrário do que muitos acharam. A inconstitucionalidade de pontos da nova Lei ainda será analisada em diversas instâncias do Poder Judiciário, como é o caso da terceirização sem limites. Enquanto isso não acontecer, as ilegalidades serão penalizadas. A condenação da distribuidora de energia RGE Sul, do Grupo - Leia mais [...]

NOTA DE PESAR

Comunicamos com pesar o falecimento do senhor José Pereira Filho, 80 anos, pai de nosso diretor Eudson Pereira da Silva, ocorrido hoje (20/03). O senhor José morava na cidade de Cosmópolis (SP), onde o corpo será sepultado. Manifestamos nossos sentimentos a todos os familiares. Sindicato dos Metalúrgicos de João Monlevade (MG). - Leia mais [...]

CNM/CUT: política industrial tem de garantir emprego e produção nacional

Em resposta às declarações de Donald Trump, que anunciou sobretaxa nas importações de aço, a Confederação reafirma defesa da indústria brasileira [Escrito por: CNM/CUT] Após o anúncio do presidente Donald Trump nesta quinta-feira (1) de impor sobretaxa nas importações de aço e alumínio, a Confederação Nacional dos Metalúrgicos da CUT (CNM/CUT) reafirma sua defesa de uma indústria nacional forte, que tenha diretrizes com participação da classe trabalhadora. Afirmando a necessidade de proteger a indústria norte-americana, Trump divulgou que vai impor sobretaxas de 25% sobre importação de aço e de 10% sobre a importação de alumínio. O Brasil é um dos principais exportadores de aço para os EUA. Em 2017, enviou - Leia mais [...]

Com Temer, País tem mais empregos precários e mal remunerados

Segundo IBGE, número de trabalhadores sem carteira aumentou 5,7% e o rendimento é 44% menor do que o dos trabalhadores que têm carteira assinada [Escrito por: Marize Muniz / CUT Nacional] O Brasil está gerando mais empregos precários e mal remunerados, aponta Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), divulgado nesta sexta-feira (23) pelo IBGE. Em 2017, o número de trabalhadores e trabalhadoras sem carteira assinada, portanto, sem direito a férias e 13º salário, entre outros benefícios, aumentou 5,7% – o de trabalhadores formais caiu 2%. Além de não terem direitos, os informais recebem, em média, 44% menos do que o trabalhador que tem carteira assinada. Para o presidente da CUT, - Leia mais [...]

Previdência: ‘O que nós precisamos é de emprego e o Brasil crescendo’, diz Gabas

Ex-ministro dos governos Lula e Dilma lembra que até 2015 as contas da Previdência estavam no azul. Atuais desequilíbrios são causados pelo aumento do desemprego [Escrito por: Rede Brasil Atual] “Nós não precisamos de uma reforma que tira direitos. O que nós precisamos é de emprego e o Brasil crescendo”, afirma o ex-ministro da Previdência Carlos Gabas (governos Lula e Dilma), em um dos vídeos de uma série produzida pela TVT que rebate os principais pontos defendidos pelo governo Temer, veiculadas durante a programação. Gabas lembra que a mesma história de que o sistema público de aposentadorias estaria prestes a falir é contada há mais de 30 anos, quando ele começou a trabalhar no INSS. O - Leia mais [...]