“Trabajo Social en la Fundación Casa del Trabajador”

O Cerem recebeu na quarta-feira, 25, uma doação da professora universitária e assistente social Regina Coeli de Oliveira, residente em Belo Horizonte. Trata-se de um exemplar da cartilha “Abrindo a Casa” e da cópia de um artigo publicado na revista peruana “Nuevos Cuadernos Celats” em 1985.

O artigo, intitulado “Análisis de la experiencia de trabajo social en la fundación Casa del Trabajador”, é o último capítulo da dissertação de mestrado de Regina e faz uma análise da experiência da Casa do Trabalhador, criada em João Monlevade em dezembro de 1980 e mantida até início da década de 1990. A professora prestou assessoria à instituição, como coordenadora de  alguns projetos.

Em certo trecho do texto, diz ela: “Se escogió la ciudad de João Monlevade como sede de la Funcación por ser la lacalidad más central de su área de actuación y por contar con trabajo de organización sobre todo a través del Sindicato de Trabajadores Metalúrgicos (importante base para el trabajo de la Casa)”.

Já a  cartilha doada ao Cerem, com ilustrações do desenhista monlevadense Romulo Garcias (vivendo atualmente em BH), reúne depoimentos sobre a Casa do Trabalhador.

[A professora Regina Oliveira – Crédito: Metasita]