Sindmon-Metal participa de Congresso de Direito do Trabalho

O diretor Quirino (quarto da esq. p/ a direita) participou da mesa do palestrante Humberto Fonseca (segundo no mesmo sentido) – [Foto: Acom Doctum]
O Sindmon-Metal foi convidado a participar da mesa de explanação do palestrante Humberto Marcial Fonseca, advogado trabalhista e consultor sindical, no segundo dia do I Congresso Regional de Direito do Trabalho e Processual do Trabalho, realizado entre os dias 2 e 4 de abril.

A entidade sindical foi representada pelo diretor administrativo e financeiro, José Quirino dos Santos, que se forma este ano em Direito pela Doctum, realizadora do evento em parceria com a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seção João Monlevade.

A Doctum justificou o convite destacando a importância do Sindmon-Metal, que foi um dos apoiadores do congresso, como sindicato de referência de lutas pelas causas dos trabalhadores. Quirino, por sua vez, disse que a atual conjuntura do país exige que sindicatos procurem se aliar a novos atores, como instituições acadêmicas, para lidar com as transformações na sociedade. Ele disse que o Sindicato vem trabalhado com a Doctum para levar reflexões importantes aos trabalhadores e a comunidade.

O diretor do Sindmon-Metal destacou que o congresso “teve a felicidade de reunir grandes juristas, o que propiciou ao público tomar conhecimento de questões jurídicas significativas para todos os cidadãos e cidadãs”. “O palestrante Humberto Fonseca tem carreira sindical,  fortes relações com o mundo social”, disse Quirino.

O sindicalista chamou atenção para as críticas de Fonseca à nova legislação trabalhista: “ele [Fonseca] mostrou que o único ponto positivo que vê na nova Lei é apenas a possibilidade de o trabalhador dividir férias em até três vezes. O palestrante considera que essas análises [feitas no congresso de Direito] são ferramentas para mudanças”.