Presidente do Sindmon-Metal concorre a reeleição em chapa com seis novos integrantes

Relação da diretoria para a gestão 2020-2024 traz jovens com idades na faixa etária dos 30 anos  para a comissão executiva e suplência

[Escrito por: Wir Caetano / Dabliê Texto Imagem]

A eleição da nova diretoria do Sindicato dos Metalúrgicos de João Monlevade (Sindmon-Metal), que será realizada nos dias 2 e 3 de março, traz uma novidade: seis novos nomes, com idades entre 30 e 39 anos, integram a chapa única, encabeçada pelo atual presidente da entidade, Otacílio das Neves Coelho, 55 anos, que concorre ao terceiro mandato (2020-2024).

Para vice-presidente, o indicado é Cristiano Correa, 37 anos. A diretoria executiva, composta por um total de sete diretores, tem outros dois novos integrantes: Gleisson Fernandes, 39, para Secretário Social e de Saúde Ocupacional, e Flávio Cordeiro de Paiva, 33, para a Secretaria de Formação Sindical. Outro metalúrgico na mesma faixa etária é Carlos Henrique Silva (Frangão), 36, de Divulgação e Imprensa, mas ele já compõe o quadro atual de diretores. Completa a executiva os veteranos Marcos Antônio da Silva, da Secretaria Geral, e José Quirino dos Santos, de Administração e Finanças.

Outros dois novos nomes, Guilherme Bueno de Freitas, 33, e seu irmão Diego Bueno de Freitas, 30, integram o quatro de suplentes, ao lado de seis veteranos. Outros 10 metalúrgicos completam a diretoria, que, para esse novo mandato, foi reduzida de 30 para 25 membros.

Desafios

O presidente do Sindmon-Metal, Otacílio das Neves Coelho, avalia que o atual mandato transcorreu em meio a um “ataque de elites políticas e empresariais contra direitos trabalhistas e sindicalismo, que resultou até em fechamento de alguns sindicatos”.

O sindicalista destaca a “resistência do Sindicato dos Metalúrgicos de João Monlevade” e avalia que abrir caminho para novas lideranças é fundamental para que as “lutas dos trabalhadores e dos segmentos populares da sociedade não sejam sufocadas”. “Reunimos velhos e novos nomes para atender melhor às demandas por um mundo do trabalho mais justo”, diz o candidato à reeleição.

Votação

Podem votar todos os sócios do Sindmon-Metal, da ativa ou aposentados. As urnas de votação ficarão na sede do Sindicato e em outros nove lugares fixos: portaria do Zebrão, Clube Recreativo da Vila Tanque, Associação dos Aposentados, centros comunitários do bairros Cruzeiro Celeste e Loanda, sede da Remoções Monlevade (na avenida Getúlio Vargas nº 7070, em frente ao antigo Posto Gentil) e no Centro Pastoral de Bela Vista de Minas.

Haverá ainda duas urnas itinerantes que circularão por João Monlevade, Rio Piracicaba, São Gonçalo do Rio Abaixo, São Domingos do Prata e Nova Era.