MULHERES EM LUTA, O LUCRO NÃO VALE A VIDA

No Dia Internacional da Luta das Mulheres, denunciamos a política da morte que levou nossa companheira Marielle Franco e a política da morte que soterrou vidas e sonhos em Brumadinho

[Escrito por: Frente Brasil Popular Minas]

Frente Brasil Popular e Blocos de Carnaval de BH convocam todas e todos para caminhar junto às mulheres de luta, fortalecendo o lindo ato do 8 de Março de 2019.

O projeto conservador e neoliberal abraçado pelo governo Bolsonaro é uma usina de mortes. Expolia nossa vida e nosso trabalho para alimentar as usinas do lucro, tirar o brilho das nossas vidas, o pão de nossas mesas, as sementes de nossa terra, as águas de nossos rios e encher os imensos cofres dos mercados internacionais.

 PARA ELES VALE O LUCRO, PARA NÓS VALE A VIDA.

No Dia Internacional da Luta das Mulheres, um ano após o assassinato de Marielle Franco, denunciamos a política da morte que levou nossa companheira. Denunciamos a política da morte que soterrou tantas vidas e tantos sonhos em Brumadinho.

Lembramos os nomes das/os que tombaram e das/os que vivem sob ameaça por denunciar as inúmeras violações pelo modelo minerário que preda e mata.

Seguimos o legado de Marielle. Seguimos de mãos dadas.

Nós, mulheres, sabemos que a Vida vale mais que o lucro.

Estamos vivas e fortes, com os pés firmes no chão, as mãos dadas com nossas irmãs e olhar fixo no dia do fim de todas as cercas. Nossos corpos não são mercadoria: eles vibram, pulsam e trabalham pelo fim de toda exploração.

Os tambores de Minas soarão, com nossas vozes e o canto:

O LUCRO NÃO VALE A VIDA

Concentração:

Dia 8 de março (sexta-feira), as 17h na Praça Raul Soares.