10 de agosto – Dia Nacional do Basta em Belo Horizonte

O país precisa recuperar a democracia, o desenvolvimento, a geração de emprego com qualidade e a distribuição de renda

[Escrito por: CUT/MG]

0 de Agosto é o “Dia do Basta”. Neste dia, trabalhadoras e trabalhadores e todo o povo brasileiro vão exigir o fim: do desemprego, do aumento do preço do gás de cozinha e dos combustíveis, da retirada de direitos da classe trabalhadora, da reforma da Previdência, das privatizações, da crise, da miséria, do golpe, dos cortes das verbas na saúde, na educação, na segurança pública.

O Brasil pós-golpe 2016 já contabiliza 28 milhões de desempregados e os postos de trabalho gerados são precários por causa da Reforma Trabalhista. Diminuiu o número trabalhadoras e trabalhadores com carteira assinada, aumentou o número de empregados sem carteira e dos que sobrevivem com bicos. São milhões na informalidade.

A miséria se espalhou como uma epidemia pelo país. Em Belo Horizonte, o número de moradores de rua quase triplicou.

O país precisa recuperar a democracia, o desenvolvimento, a geração de emprego com qualidade e a distribuição de renda. Somente a mobilização e a participação de todos vai abrir o caminho para um Brasil melhor.

PARTICIPE DO DIA DO BASTA

Concentração: Praça Afonso Arinos, Centro – Belo Horizonte – MG

Horário: 11 horas

10 DE AGOSTO – DIA DE DIZER BASTA!

Basta de miséria!

Basta de desemprego!

Basta de crise!

Basta de aumento nos preços do gás de cozinha!

Basta de retirada de direitos da classe trabalhadora e de reforma da Previdência!

Basta de privatizações!

Basta de perseguição ao ex-presidente Lula!

Basta de golpe!