slider

Quem recebe pensão vai perder com a reforma da Previdência

 Desmonte proposto pela PEC 287 atinge também quem já se aposentou [Escrito por: Wallace Oliveira / Brasil de Fato] A proposta da reforma da Previdência não atinge apenas quem quer se aposentar um dia, mas também pensionistas, aposentados e famílias que dependem de outras políticas da Seguridade. Por exemplo, o idoso que não acumulou os requisitos para se aposentar só terá direito ao Benefício de Prestação Continuada (BPC) aos 65 anos, a contar da data da promulgação da emenda. A partir de então, essa idade mínima aumenta um ano a cada biênio, até atingir o limite etário de 70 anos para acessar o BPC. Além disso, a reforma vai desvincular - Leia mais [...]

Dieese mostra que quanto mais fortes os sindicatos, maior a resistência

Secretário-geral da CUT avalia que “não é por acaso que os golpistas tentam a todo custo quebrar as entidades sindicais e votam a toque de caixa a Reforma Trabalhista e a Terceirização” [Escrito por: Luiz Carvalho / CUT Nacional] O desenrolar do golpe em 2016 afundou o Brasil na crise econômica e a classe trabalhadora sentiu na pele os resultados.  Apenas 19% das negociações conquistaram aumento real de salário, equivalente ao pior índice já visto, em 2003, ano em que o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) passou a computar sistematicamente esses dados, gerando uma série histórica. De acordo com o balanço apresentado pelo departamento, 37% dos acordos - Leia mais [...]

Ato público contra desmonte da Previdência demonstra mobilização na cidade

[Escrito por: Sindmon-Metal] Convocadas por sindicatos, entidades estudantis e movimentos sociais, centenas de pessoas realizaram um ato público em frente à Praça do Povo, no Centro comercial de João Monlevade, na última sexta-feira (31).  A manifestação foi organizada para protestar contra as propostas de reforma da Previdência e trabalhista, em tramitação no Congresso Nacional, e contra o projeto de terceirização, aprovado na Câmara dos Deputados no dia 22 de março. Os manifestantes interromperam, com intervalos, o trânsito da avenida Wilson Alvarenga. Iniciado às 16 horas, o ato se estendeu até as 17h40. Uma pessoa que participava do protesto chegou a comentar: “nem parece que estamos em Monlevade”, numa referência ao - Leia mais [...]

Justiça determina reintegração de metalúrgico demitido pela ArcelorMittal após se candidatar a diretor do sindicato de Monlevade

Carlos Henrique Silva (“Frangão”) foi dispensado em janeiro apesar de ter estabilidade de cipista até julho deste ano [Escrito por: Wir Caetano – Assessor de Comunicação do Sindmon-Metal] Demitido pela ArcelorMittal no dia 24 de janeiro deste ano, um dia após registrar sua candidatura a dirigente do Sindicato dos Metalúrgicos de João Monlevade (SindmonMetal), Carlos Henrique Silva, 34 anos, foi reintegrado ao quadro de pessoal da empresa nesta sexta-feira (31/3). A reintegração foi determinada pela juíza Marisa Felisberto Pereira, da 1ª Vara do Trabalho de João Monlevade, dando ganho de causa ao Sindmon-Metal em processo contra a siderúrgica. No despacho, a juíza destacou o fato de Silva (conhecido entre os colegas - Leia mais [...]

Entidades fazem ato público contra desmonte da Previdência e da CLT na Praça do Povo

O movimento Frente Brasil Popular de João Monlevade, sindicatos, estudantes e movimentos sociais realizam ato público nesta sexta-feira, 31, na Praça do Povo, em Carneirinhos. Os participam concentram-se no local a partir das 16 horas, em manifestação contra as propostas de reforma da Previdência e trabalhista, em tramitação no Congresso Nacional, e contra o projeto de terceirização, aprovado na Câmara dos Deputados na última no último dia 22. O ato integra o Dia Nacional de Mobilização, organizado por centrais sindicais e entidades populares contrários às políticas do governo federal. - Leia mais [...]

CNBB entra na luta contra reforma da Previdência e pede mobilização

“Nenhuma solução para equilibrar um possível déficit pode prescindir de valores éticos-sociais e solidários. Justificativa da PEC 287 não faz referência a esses valores”, diz entidade, em nota [Escrito por: Rede Brasil Atual] A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), por meio do seu Conselho Permanente, divulgou nesta quinta-feira (23) uma nota na qual convoca “os cristãos e pessoas de boa vontade, particularmente nossas comunidades, a se mobilizarem ao redor da atual reforma da Previdência, a fim de buscar o melhor para o nosso povo, principalmente os mais fragilizados”. A entidade faz dura crítica à Proposta de Emenda à Constituição do governo de Michel Temer. “Nenhuma solução para equilibrar - Leia mais [...]

Reforma da Previdência: é preciso intensificar mobilização

[Escrito por: Beatriz Cerqueira, presidenta da CUT/MG e coordenadora geral do Sint-UTE/MG] Sobre o anúncio do ilegítimo Michel Temer agora a noite de que “vai excluir servidores estaduais e municipais da reforma da presidência” eu diria que o governo acusou que foi atingido pelas mobilizações em curso em todo o país. É preciso ler o texto para analisar melhor as suas consequências. Mas valem algumas reflexões, a partir do anúncio feito: 1) dar autonomia para os Estados e Municípios sobre requisitos para aposentadoria pode possibilitar a adoção de regras ainda piores. Basta que cada um lembre como governos estaduais e municipais tratam os servidores atualmente; 2) todos os servidores que são - Leia mais [...]

O que Temer propõe para a Previdência é desmonte, diz técnico do Dieese

Frederico Melo e presidenta da CUT Minas falaram sobre impactos da PEC 287 durante debate no Sindmon-Metal, em Monlevade [Escrito por: Wir Caetano – Assessoria de Comunicação/Sindmon-Metal] Dificultar o acesso aos benefícios previdenciários e reduzir seus valores. É o que o pretende o governo Temer com a reforma da Previdência Social, disse o economista Frederico Barbosa Melo, técnico do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Ele fez essa abordagem durante debate realizado pelo Sindicato dos Metalúrgicos de João Monlevade (Sindmon-Metal) na noite de terça-feira (21). O tema foi abordado também pela presidenta da Central Única dos Trabalhadores de Minas Gerais (CUT/MG), Beatriz Cerqueira, que, no começo do evento, - Leia mais [...]

Mais um golpe contra os direitos dos trabalhadores

PL 4302 que terceiriza todas as atividades das empresas é aprovado pela maioria da Câmara dos Deputados [Escrito por: CUT – Publicado em: 22/03/2017 – 21:20 • Última modificação: 22/03/2017 – 22:10] A Central Única dos Trabalhadores (CUT-Brasil) vem a público denunciar o golpe promovido pelo presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), com a votação a toque de caixa do PL 4302 que permite a terceirização de toda e qualquer atividade das empresas. Um golpe, uma manobra espúria, pois tal PL 4302, proposto em 1998 no governo de Fernando Henrique Cardoso e que, depois de passar no Senado, ficou engavetado. O PL 4302 só foi ressuscitado agora, quando o - Leia mais [...]