notícia

Plenária da CUT/MG define próximas ações contra o golpe, a retirada de direitos e em defesa da democracia

Calendário de mobilizações de rua, de articulação de vários setores e do movimento sindical é construído Escrito por: CUT/MG Em Plenária realizada na tarde de segunda-feira, 1° de agosto, que lotou o auditório da sede da Central Única dos Trabalhadores de Minas Gerais (CUT/MG), dirigentes de sindicatos, federações e confederações CUTistas e dos movimentos sociais definiram as próximas ações contra o golpe em curso no país, em defesa da democracia, dos direitos sociais, trabalhistas. O economista e assessor do Dieese na Subseção da CUT Minas, Frederico Melo; Graça Costa, secretária de Relações do Trabalho da Direção Executiva Nacional; José Celestino Lourenço, secretário de Cultura da Direção Executiva Nacional participaram da - Leia mais [...]

Que direito perdi hoje?

Escrito po: Beatriz Cerqueira- presidenta da CUT/MG e coordenadora-geral do Sind-UTE/MG Desde que o governo golpista Michel Temer assumiu, no dia 12 de maio deste ano, em cada dia da sua existência, perdemos um direito. Às vezes, perdemos mais de um direito por dia. A ofensiva é tamanha que muitas vezes não nos damos conta disso. Hoje, tentaram me arrancar o direito de ser professora. Ao ler o artigo publicado na Revista Veja, cujo título é “Professor ganha mal?”, a agressividade da publicação não deixa dúvidas dos seus objetivos: ataque à escola pública. Nós, professoras, fomos tratadas como quem trabalha pouco, consumimos o orçamento do Estado porque não ensinamos direito, nos aposentamos cedo… Enfim, somos um “grupo que - Leia mais [...]

ZÉ MARRETA Nº 1364 – Aprovada por Comissão, PLR da ArcelorMittal mantém principal característica: FALTA DE TRANSPARÊNCIA

 [PDF AQUI]: Edição nº 1364 – 29/07/2016 Aprovada por Comissão, PLR da ArcelorMittal mantém principal característica: FALTA DE TRANSPARÊNCIA / Exigências aumentam sem melhorar condições para atingi-las / Acordo de PLR 2016 deixa legislação de lado / Nem aí para os cidadãos do amanhã / Júpiter / PH / Vigilantes/Vigias / Processos Judiciais - Leia mais [...]

ACORDO FECHADO: Trabalhadores do Grupo 19 aprovam proposta salarial

Assembleia de trabalhadores do Grupo 19 aprovou nesta quarta-feira (27) proposta salarial formulada pelo Sime (sindicato patronal) no último dia 21. A aprovação viabiliza acordo entre as partes e interrompe o processo de dissídio coletivo, que estava para ir a julgamento. A proposta aprovada tem os seguintes termos principais: a) PISO SALARIAL – reajuste de 3,5% retroativo a 01/10/2015; 3,38% a partir de 01/12/2015 (sem reflexo no 13º); e 1,5% a partir de 01/07/2016, além de valor fixo de R$ 25,00 (incorporado ao salário também a partir de julho); b) DEMAIS SALÁRIOS – reajuste de 4% retroativo a 01/10/2015; 1,44% com retroação a 01/02/2016; e 1,5% a partir de 1º de - Leia mais [...]

Sindicatos vão questionar MP que mexe com benefícios da Previdência

A Medida Provisória (MP) 739, publicada no último dia 7, vai ser contestada pelo movimento sindical, que ingressará com ação direta de inconstitucionalidade no Supremo Tribunal Federal (STF). O conteúdo da MP, que mexe na Lei 8.213, de 1991, sobre benefícios da Previdência Social, também será denunciado na Corte Interamericana por violação a direitos sociais e internacionais. A partir do mês que vem, segurados que já recebem auxílio-doença e aposentadoria por invalidez serão convocados pelo INSS para nova perícia, lembra o Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região. “A MP prevê inclusive convocar quem se aposentou por invalidez por decisão judicial”, acrescenta a entidade, que publicou em seu - Leia mais [...]